Aite Tamang e Inês Marques vencem Poiares Trail

Foto: HMS | Emídio Copeto Gomes
Montepio Meia Maratona de Cascais repete vencedores
11 February, 2018
Cortesia de Bernardete Morita
Das ultras mundiais para os trails lusitanos
12 February, 2018
Foto: Fotos do Zé
27750601_2047989548792035_1162000283333644894_n

Foto: Cortesia da organização

Depois dos Trilhos dos Reis, o nepalês Aite Tamang, a representar o AMCF – Arrábida Trail Team venceu os 35 km do Poiares Trail em apenas 3h03m55s. Mas em menos de 10 minutos Luís Semedo, do AC Portalegre UTSM, e Vítor Cordeiro, do EDV Viana Trail, fecharam o pódio masculino.

Entre as mulheres, Inês Marques (3h58m41s), da Compressport e atleta da Selecção Nacional de Trail, não deu hipótese e cortou a meta muito antes da segunda, Paula Soares (4h04m54s), do AD Amarante Running Team, e terceira classificadas, Mariana Machado (4h07m20s), da equipa “Os Santa Apolónia”.

Atrás dos vencedores cortaram a meta mais 291 atletas nesta distância. O evento contou ainda com os 17 km e a caminhada, além da prova para crianças e jovens dos 8 aos 16 anos, a PTKids, num total de 1100 inscritos.

O desafio das áreas afectadas pelos incêndios

“Desafia a tua natureza” voltou a ser o mote deste evento organizado pela Secção de Atletismo da Associação Recreativa de S. Miguel de Poiares, que já vai na 4.a edição. Mas este ano o desafio que ninguém queria ter de aceitar foi o da organização: criar percursos alternativos que evitassem as zonas afectadas pelos incêndios que destruíram grande parte do concelho de Coimbra no ano passado.

Debater a modalidade

27752365_2047670145490642_2396407443937103550_n

Foto: Cortesia da organização

Mas o Poiares trail não se fez apenas do desafio organizativo ou competitivo. Os participantes foram convidados a debater a modalidade com nomes de peso, no Sábado à tarde. “Gestão da nutrição/hidratação” foi o primeiro tema em cima da mesa, abordado pelo seleccionador nacional de trail e vice-presidente da International Trail Running Association (ITRA), José Carlos Santos. O também atleta participou ainda na sessão seguinte que debateu “o passado, o presente e o futuro do trail”, tendo como companheiros na discussão, Mário Leal, ultramaratonista e director das provas da Azores Trail Run, e o atleta José Carlos Brito. Nestas jornadas falou-se também de “trail no feminino”, com as atletas da selecção nacional de trail, Inês Marques e Sara Brito.