rui-pedro-silva-0592
“Qualquer atleta quer ganhar uma corrida de São Silvestre”
15 October, 2015
André Rodrigues
“Corro de forma apaixonada e nervosa: a minha maior qualidade e o maior defeito”
15 October, 2015
Barbabietola_

Por Salomé Borregana, Nutricionista Celeiro

De nome científico Beta vulgaris e pertencente à família das quenopodiáceas, este vegetal conhecido pela sua cor vermelha intensa, atribuída pela beta-cianina, é um alimento altamente nutritivo e com inúmeros benefícios. Relativamente a propriedades importantes para a saúde, além de ser uma importante fonte de anti-oxidantes, a beterraba contém betaína e muitos outros nutrientes, nomeadamente ácido fólico, carotenóides, vitamina B6, fibras, manganês, potássio, vitamina C e ferro.

Propriedades anti-oxidante e anti-inflamatória

Um dos benefícios mais reconhecidos na beterraba é o seu teor de ferro, sendo, por isso, benéfica em casos de anemias ferropénicas. Estudos recentes mostraram também que os seus pigmentos, com potentes propriedades anti–oxidantes e anti-inflamatórias, pelo facto de conterem nitratos, têm um efeito benéfico no sistema cardiovascular, aumentando o fluxo sanguíneo, o que consecutivamente melhora a circulação e reduz a pressão sanguínea. A sua riqueza em nitratos tem especial interesse para quem pratica desporto.

Melhor desempenho em altitude

Um estudo* publicado no início deste ano pela University of the West of Scotland revelou que o consumo de sumo concentrado de beterraba pode beneficiar significativamente o desempenho atlético em altitude. Outro estudo**, publicado na revista Medicine and Science in Sports and Exercise, envolveu ensaios simulando exercício intenso a uma elevada altitude (2 500 metros). Os resultados mostraram que a ingestão de uma única dose de sumo de beterraba reduziu a quantidade de oxigénio usada pelo corpo durante o exercício, permitindo um desempenho melhorado.

Consumir de todas as formas possíveis

Em nutrição, começa cada vez mais a ser utilizada a designação “superalimento” e a beterraba é certamente merecedora deste título. Este vegetal pode ser consumido nas mais diversas formas – cru (em sumo ou em saladas), cozido, em pickles, em conserva ou até em doces. Existem ainda concentrados de sumo biológico de beterraba prontos a consumir.