Das ultras mundiais para os trails lusitanos

Foto: Fotos do Zé
Aite Tamang e Inês Marques vencem Poiares Trail
12 February, 2018
Foto: FPA
Samuel Remédios bate recorde com 18 anos
12 February, 2018
Cortesia de Bernardete Morita

O VII Trail dos Montes Saloios foi a segunda prova onde Renata Vidal Peixoto, campeã mundial de Ultramaratona 48h, com 249 km, em 2015, participou em solo lusitano.

Depois de se ter estreado no trail português na Peninha SkyRace no Domingo, dia 4, onde foi a melhor classificada estrangeira e a 14.ª da geral, chegou a vez de ultrapassar os 29 km do Trail Longo dos Montes Saloios, onde conquistou o 7.º lugar na classificação geral e o 3.º no escalão.

 

WhatsApp Image 2018-02-12 at 13.41.20 (1)

Cortesia de Renata Vidal Peixoto

Das maratonas ao trail

A atleta, que está pela primeira vez em Portugal de visita à sua irmã que está a tirar um mestrado no nosso país, aproveitou para fazer a pré-temporada de corridas e para conhecer as diferenças entre as provas nos dois países: “São provas tecnicamente difíceis, principalmente porque não sou corredora de trail, sou maratonista, e são treinos diferentes. A altimetria acumulada foi a principal dificuldade que senti. Onde moro, no Rio Grande do Sul, em Cachoeira do Sul, é planície, então não há altimetria para treinar. Além disso, no Brasil temos poucas provas de trail, há mais provas de rua. Mas achei os lugares aqui lindíssimos.”

Sobre a corrida de ontem, a ultramaratonista considera que as condições climatéricas foram o mais difícil de superar: “As maiores dificuldades para mim foram a lama e o nevoeiro, que durou a prova toda. Mas adorei a organização, tanto desta prova como a da Peninha. Sou muito grata pela receptividade do povo daqui.”

Com 35 anos, Renata Vidal Peixoto corre há mais de 25, incentivada desde pequena pelo pai, e é formada em Educação Física e Fisioterapia, valências que a ajudam a entender melhor o seu corpo e os seus limites.

A atleta regressa ao Brasil já no próximo dia 17 mas leva consigo as experiências em solo português e óptimas classificações nos trails de dia 4 e de ontem.

 

No pódio

Bem classificadas ficaram também Cláudia Batalha (3h35m03s), Amélia Costa (3h37m07s) e Patrícia Caldas (3h43m07s), que conseguiram as três melhores prestações femininas no trail longo, e Hélio Fumo (2h24m28s), Gonçalo Correia (2h51m24s) e Artur Oliveira (2h55m59s), os vencedores masculinos. Além do Trail Longo, de 29 km, realizaram-se mais 3 provas: a “Amor nos Montes”, também de 29 km, o Trail Curto de 16 km e uma Caminhada de 11 km, todas com início e chegada no Pavilhão Gimnodesportivo de Covas de Ferro.

 

Montes Saloios solidários

A 7.ª edição do Trail dos Montes Saloios, organizada pelo Motoclube TT Montes Saloios, de Covas de Ferro, no concelho de Sintra, teve, à semelhança dos anos anteriores, uma vertente solidária. Os atletas fizeram uma recolha de camisolas de corrida a serem entregues a uma instituição de solidariedade social. Neste caso, a instituição escolhida, através de uma votação no Facebook, foi a Casa do Gaiato de Lisboa.

A organização adiantou também que a próxima edição do Trail dos Montes Saloios está prevista para dia 10 de Fevereiro de 2019.