Jogos Olímpicos terminam com três diplomas para o Atletismo

4-trail-do-sor
IV Trail do Sor
18 August, 2016
UTMB2016
Ultra Trail du Mont Blanc® o derradeiro desafio
24 August, 2016
Selecção-olímpica-atletismo

A primeira edição dos Jogos Olímpicos na América do Sul terminou ontem no estádio do Maracanã. Entre 5 e 21 de Agosto o Rio de Janeiro recebeu mais de 10 500 atletas de 206 países e 42 modalidades olímpicas que disputaram 2488 medalhas. Portugal esteve representado por 93 atletas de 16 modalidades.

As provas de Atletismo começaram no dia 12 de Agosto e Salomé Rocha foi a primeira portuguesa a subir ao palco do Maracanã para dar o seu melhor nos 10 000 metros. A fundista foi 26.ª numa prova onde o recorde do mundo caiu 14 segundos, com a etíope Almaz Ayana a concluir a mesma em 29m17s45′. Umas horas depois os irmãos Sérgio e João Vieira alinhavam nos 20 km de Marcha. João Vieira foi o 31.º a cortar a meta enquanto o seu irmão gémeo foi o 53.º, numa prova ganha pelo chinês Wang Zhen.

Marta Pen não passou da primeira eliminatória dos 1500 metros. A portuguesa, campeã universitária dos Estados Unidos na modalidade, foi 36.ª com um tempo de 4h18m53s. Lorene Bazolo encerrava a participação Lusa do primero dia de Atletismo com a primeira eliminatória dos 100 metros. A atleta correu a distância em 11s43’, mas não conseguiu ser apurada. Voltaria ao palco Olímpico para os 200 metros, mas também ficou pelo caminho, classificando-se em 30.º entre as 72 participantes, apesar de ter batido o seu recorde pessoal (23s01’).

O segundo dia de competições foi histórico para o Atletismo português, pois pela primeira vez duas atletas portuguesas classificaram-se para a final do Tripo Salto. Patrícia Mamona e Susana Costa voltariam aos saltos no dia seguinte, concluindo as suas participações no Rio2016 em 6.º e 9.º lugares respectivamente. Patricía Mamona bateu o recorde nacional com um salto de 14,65 metros; a medalha de ouro foi para o salto de 15,17 metros da colombiana Caterine Ibarguen.

Neste dia ainda actuou Cátia Azevedo nos 400 metros onde conseguiu o 31.º lugar e fez a sua segunda melhor marca de todos os tempos –  52s38’. Cátia Azevedo foi a primeira mulher portuguesa a participar nos 400 metros nos Jogos Olímpicos.

A maratona feminina chegava no terceiro dia de competições pelas pernas de Ana Dulce Félix, Sara Moreira e Jessica Augusto. As duas últimas não completaram a prova, enquanto Dulce Félix foi 16.ª classificada, percorrendo a distância em 2h30m39s e melhorando em cinco lugares a 21.ª posição conquistada há quatro anos nos Jogos Olímpicos de Londres. A vencedora foi Gemina Sumgong do Quénia com um tempo de 2h24m04s.

A 15 de Agosto foi a vez de Nelson Évora se qualificar para a final do Triplo Salto e de Vera Barbosa abandonar a competição, não conseguindo a qualificação para as meias-finais dos 400 metros barreiras e concluíndo a prova em 32.º lugar.

Ao quinto dia também Marta Onofre e Leonor Tavares ficavam de fora da final do Salto com Vara, mas Nelson Évora conseguia um brilhante 6.º lugar na final com o melhor salto da época – 17,03 metros.

Tsanko Arnaudov não se apurou para a final do lançamento do peso com um arremesso de 18,88 metros, ficando aquém dos 20,59 metros que lhe tinham dado a medalha de bronze nos Europeus de Amesterdão há um mês.

Nos 50 km marcha, Pedro Isidro foi o melhor português ficando em 32.º após 4h03m42s, Miguel Carvalho conseguiu o 36.º lugar e João Vieira, que tinha ficado em 31.º nos 20 km marcha, não completou a prova.

A penúltima prova de Atletismo para os portugueses, viria com os 20 km de marcha feminina. Ana Cabecinha foi a melhor portuguesa classificando-se em 6.º lugar a apenas 48 segundos da vencedora, a chinesa Hong Liu, que fez a prova em 1h28m38s. Inês Henriques classificou-se em 12.º com 1h31m28s, que, como Ana Cabecinha, melhorou a classificação obtida há quatro anos nos Jogos de Londres; e Daniela Cardoso ficou em 37.º na sua estreia olímpica.

A maratona encerrou o programa Olímpico de Atletismo e a participação portuguesa com Rui Pedro Silva a fazer os míticos 42,195 km em 2h30m52s e cortando a meta em 123.º lugar, enquanto Ricardo Ribas terminou em 134.º lugar depois de 2h38m29s em prova. A medalha de ouro foi para o queniano Eliud Kipchoge com um tempo de 2h08m44s.

A Selecção Portuguesa de Atletismo termina a participação olímpica no Rio de Janeiro com três diplomas olímpicos para Ana Cabecinha (20 km Marcha) Patrícia Mamona (Triplo Salto) e Nelson Évora (Triplo Salto).

 

22 de Agosto 2016