Mundiais de Atletismo: Nelson Évora traz a primeira medalha para casa

18921980_1342299882529947_7309951206154802262_ngggg
Sexto dia do Mundial com surpresas da Noruega e dos Estados Unidos
10 August, 2017
site5
“Oriente-se” no Porto City Race
11 August, 2017
img_770x433$2017_08_10_21_47_47_1300186

Foto: IAAF

Portugal sonhou e Nélson Évora traz a primeira medalha para casa dos Mundiais de Atletismo, em Londres. O português conseguiu o bronze com um salto de 17,19 metros.

À sua frente ficaram apenas os dois americanos, Christian Taylor, com a melhor marca de 17,68 metros, e Will Claye, com 17,63 metros.

Recorde-se que, no Mundial de Pequim, há dois anos, o saltador português foi também medalha de bronze no triplo salto, com um salto de 17,52 metros. O atleta tem ainda no seu currículo invejável, mais duas medalhas, uma de ouro e outra de prata.

 

Nem Makwala, nem van Niekert. Ganhou Guliyev 

Na final dos 200 metros, apesar de todas as atenções estarem centradas em Isaac Makwala (o atleta do Botswana que esteve para não competir) e em Wayde van Niekert, o campeão dos 400 metros que procurava alcançar a dobradinha, quem ganhou foi Ramil Guliyev, da Turquia, com o tempo de 20s09’. van Niekert  ficou-se pelo segundo lugar (20s11’) e Jereem Richards, de Trinidad e Tobago, conquistou a medalha de bronze, também com 20s11’.