Regulamentos da ATRP: Época desportiva é mais curta em 2018

uulk
Pessoal e intransmissível: Assim é o treino do atleta
29 November, 2017
IMG_9761
Algarviana Ultra Trail (ALUT) – Dia 1 – 30/11/17
30 November, 2017
4

Foto: ATRP

A época desportiva da Associação de Trail Running de Portugal (ATRP) vai passar, em 2018, a estar alinhada com a da Federação Nacional de Atletismo. Segundo o regulamento para o próximo ano, o calendário passa a contar a partir de 1 de Novembro de cada ano, terminando a 31 de Outubro do ano seguinte.

“Em 2018 decorrerá um período de transição entre o modelo actual de época desportiva da ATRP (ano civil) para o modelo de época desportiva da Federação Portuguesa de Atletismo (Novembro a Outubro do ano seguinte), pelo que a época desportiva de 2018, decorrerá apenas no período de 1 de Janeiro a 31 de Outubro”, adverte a Associação.

Devido a esse facto, “excepcionalmente, em 2018, poderão realizar-se em Novembro e Dezembro provas que atribuam o título de campeão nacional ou da Taça de Portugal da época que termina a 31 de Outubro”, justifica o documento.

Quanto à época de transferências, esta terá início a 15 de Outubro, terminando no último dia daquele mês, competindo o atleta nesta fase pelo clube em que está filiado no momento em que ocorre a competição. Contudo, também “excepcionalmente, o período de transferências do ano de 2018 decorrerá entre 1 e 15 de Janeiro de 2018”, determina a ATRP.

Como já tinha sido sublinhado anteriormente pelo organismo, será obrigatória a divulgação da lista de inscritos, individuais e colectivos nas provas integrantes dos Circuitos até às 24 horas da quinta-feira anterior à data do evento, “não sendo admitidas alterações após a publicação dos atletas em competição no my.atrp”.

Ranking ATRP

O regulamento estabelece igualmente a elaboração de um Ranking ATRP com base nos resultados nas competições dos Circuitos Nacionais dos últimos 12 meses, adiantando que a pontuação máxima do Ranking será 880 pontos com base nas seguintes fórmulas:

- Ultra Endurance – A soma dos 2 melhores resultados dos últimos 12 meses X 2.

Exemplo: (220 +190) x 2 = 820 pontos.

- Ultra Trail – A soma dos 4 melhores resultados dos últimos 12 meses.

Exemplo: (220+190+200+150) = 760 pontos.

- Trail – A soma dos 6 melhores resultados dos últimos 12 meses a dividir por 3 X 2.

Exemplo: (220+190+200+150+100+200) /3) x 2 = (1060/3) x 2 = 355,33×2 = 707 pontos.

O Ranking ATRP – Equipas é também elaborado com base nos resultados das equipas nas competições dos Circuitos Nacionais dos últimos 12 meses, sendo a pontuação máxima de 150 pontos com base nas seguintes fórmulas:

- Ultra Endurance – A soma dos 4 melhores resultados dos últimos 12 meses, a dividir por 4 e a multiplicar por 10.

Exemplo: (15+15+15+15)/ 4) x 10 = 150 pontos.

- Ultra Trail – A soma dos 6 melhores resultados dos últimos 12 meses.

Exemplo: (15+13+15+13+15+15)/ 6) x 10 = 14,33 x 10 = 143 pontos.

- Trail – A soma dos 10 melhores resultados dos últimos 12 meses a dividir por 3 X 2.

Exemplo: (15+10+13+15+13+15+15+10+11+12) x 10 = 129 pontos.

O regulamento está disponível na íntegra em http://atrp.pt/files/Regulamento_ATRP_2018.pdf.

 

29.11.17