Trilhos dos Reis: Começar o ano em grande

O-palco-dos-Mundiais-de-Pista-Coberta
Calendário atletismo 2018: Um ano intenso para as selecções
10 January, 2018
983931_10154410306903144_4349986394130454266_n
Tudo a postos para uma das poucas maratonas europeias a acontecer em Janeiro
11 January, 2018
treis

T: Miguel Judas F: DR

É uma história de sucesso, a dos Trilhos dos Reis, que se assumiu como a primeira grande prova do calendário nacional de trail. Nesta quinta edição, marcada para os próximos dias 13 e 14 de Janeiro, é esperada uma nova enchente.

A cerca de dois meses do tiro de partida, já estão esgotadas as inscrições para as distâncias de 44 e 24 km do antigo Trail Vicentino da Serra, hoje Trilhos dos Reis, o que atesta bem o reconhecimento conquistado por esta prova em quatro edições. “Já temos mais de 1500 inscritos, restam apenas algumas vagas para a caminhada”, confirma à RUNning José Presado, um dos membros da organização desde a primeira hora.

Tudo começou em 2013, quando o clube local Centro Vicentino da Serra instituiu um troféu distrital, composto por três etapas disputadas à volta de Portalegre, que contou quase com 200 atletas. Os elogios à organização levaram a que a Associação de Trail Running de Portugal os desafiasse a organizar a primeira prova do circuito nacional, que surgiria em Janeiro do ano seguinte, tendo como cenário os trilhos do Parque Natural de São Mamede. Com uma nova denominação desde o ano passado, este trail tem vindo a afirmar-se no calendário. “A cada ano sentimos que existe uma maior procura. E este ano já temos mais de 250 estrangeiros, a maioria vindos da vizinha Espanha”, sublinha José Presado.

Um programa recheado
O programa prolonga-se por todo o fim-de-semana e inclui várias iniciativas, além das provas, que, segundo este responsável, “também ajudam a atrair visitantes”. Por exemplo, na tarde de sábado, os participantes e acompanhantes são convidados a visitar alguns dos monumentos e museus mais emblemáticos da cidade de Portalegre, estando o transporte a cargo da organização. “No final do passeio é oferecido um lanche e logo de seguida têm início as também muito concorridas jornadas técnicas, sempre com a presença de diversas personalidades ligadas ao trail”.

Este ano têm lugar na Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre e contam com a presença dos atletas Vítor Cordeiro, Paulo Pires e Tiago Aires, bem como de Nélson Graça, que irá falar sobre a importância da nutrição desportiva no trail. À noite, começa a famosa Corrida dos Príncipes, uma prova para crianças pelas ruas de Portalegre.

Quanto às corridas principais, de 44 e 24 km, realizam-se no Domingo, com partida do Mercado Municipal, onde ao longo de todo o dia haverá feira de artesanato, produtos regionais e equipamentos desportivos, com animação musical.

Convidado a explicar o segredo do sucesso destes Trilhos dos Reis, José Presado prefere falar em “trabalho de equipa” e “amor à camisola”. “É uma prova muito bem organizada, com bons trilhos e uma envolvência muito grande de todos, o que proporciona um excelente ambiente”, reconhece este responsável.