Estrada
À procura de novos recordes na Maratona de Lisboa
18 outubro 2019
3 min
A Maratona de Lisboa realiza-se neste domingo (20 de Outubro). Hoje foram divulgados os nomes dos atletas que vão marcar presença na 7.ª edição da corrida, que pretendem bater novos recordes.

A Maratona da capital portuguesa que liga três municípios - Cascais, Oeiras e Lisboa - está em busca de novos recordes e destaca oito atletas com marcas pessoais abaixo das duas horas e nove minutos. Entre os atletas anunciados, o que mais sobressai é o queniano Stephen Chemlany, o terceiro classificado na maratona de Praga deste ano, que tem como melhor marca 2h06m24s. Segue-se Samuel Wajiku, que venceu a prova em 2014 (em 2h08m21s) e que este ano ambiciona 2h07m04s.

Depois até duas horas e nove minutos são salientados mais seis atletas. Os quenianos Barnabas Kiptum (2h08m02s), Patrick Terer (2h08m07s), Joseph Aperumoi (2h08m46s) e Richard Mengich (2h08m46s), e ainda os etíopes Andualem Shiferaw (2h08m16s), Birhanu Teshome (2h08m20s).

No escalão feminino quem apresenta melhor recorde pessoal é a etíope Fatuma Sado (2h24m16s), sendo assumida como a principal candidata ao triunfo. Terá na mira a sua conterrânea Sechadale Dalase (2h26m27s), que tem no currículo a vitória da maratona de Guiyang e a 5.ª posição na maratona de Houston de 2019. A também Truphena Chepchirchir encontra-se neste top três, ela que tem uma marca de 2h28m11s.

Abaixo das duas horas e trinta minutos encontram-se ainda a etíope Gedo Sule Utura (2h29m04s) e as quenianas Helen Jepkurgat (2h29m10s) e Doris Changeywo (2h29m50s).

A corrida, que conta com a participação de 6000 atletas destaca também as portuguesas, Rosa Madureira, melhor portuguesa na maratona lisboeta por quatro vezes, e Jéssica Pontes, do Sporting de Braga, que irá fazer a sua estreia na distância.

Para a mesma data está agendada a Meia Maratona, que parte da Ponte Vasco da Gama e reúne um total de 8500 atletas. Ente eles estará o queniano Jorum Okombo (58m48s), que conseguiu garantir o 4.º lugar na maratona do Dubai. É também o detentor da melhor marca pessoal, entre os concorrentes.

O recorde da prova é de 1h00m13s e foi estabelecido pelo marroquino Mustapha El Aziz, em 2018, mas o eritreu Amanuel Mesel (60m10s) vai tentar superá-lo, sendo ele um dos sérios candidatos a superar o queniano. Juntam-se ainda os ugandeses Thomas Ayeko (60m26s) e Daniel Rotich (60m59s).

Nas mulheres o destaque recai sobre a queniana Peres Jepchirchir, que em 2017 venceu a meia maratona do Dubai em 65m06s, sendo recorde nacional na distância e foi novamente vencedora na competição de 2019.

Entre as portuguesas destacam-se as sportinguistas Catarina Ribeiro (71m09s), Jéssica Augusto (69m08s) e Susana Francisco (77m08s) e a atleta do Estreito, Cátia Santos (76m46s).

Durante o fim-de-semana vão realizar-se ainda outras provas, como a EDP Mini Maratona, MIMOSA Passeio da Família e a EDP Mini Campeões, com meta no Parque das Nações.

Partilhar