Estrada

Meia Maratona de Lisboa adiada devido ao coronavírus

10 março 2020
1 min
A prova de atletismo com mais participantes do país é uma das muitas maratonas em todo o mundo afectadas pelo surto do COVID-19.

Foi no seguimento da decisão do Ministério da Saúde, que proíbe a realização de eventos ao ar livre com mais de cinco mil participantes, que a organização da 30.ª EDP Meia Maratona de Lisboa optou por adiar as provas previstas para 21 e 22 de Março, tomando agora os dias 5 e 6 de Setembro como as novas datas definidas em conformidade com as entidades competentes.

Porém, a prova irá realizar-se com os actuais 16500 inscritos na Meia Maratona e os 14 mil da Mini Maratona (10 quilómetros).

Sublinhando que o "adiamento da prova é determinado por um caso de força maior - o risco de propagação do COVID-19 - e resulta de uma decisão das entidades públicas com competência para o efeito", a organização garante o apoio da Secretaria de Estado da Juventude e Desporto, do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), dos Municípios de Lisboa, Almada e Oeiras e dos demais patrocinadores e parceiros da 30ª edição da Meia Maratona de Lisboa.

"Estamos certos de que, com optimismo e com a compreensão dos participantes, das entidades públicas envolvidas e dos patrocinadores e parceiros, estamos apenas a adiar a festa e que a 6 de Setembro de 2020 estaremos juntos a comemorar o 30º Aniversário da Meia Maratona de Lisboa", remata a organização.

 NOTÍCIAS RELACIONADAS: 

Partilhar