Estrada

Corrida Solidária Terry Fox adiada

12 março 2020
2 min
A 25.ª edição da Corrida Solidária Terry Fox, organizada pela Liga Portuguesa Contra o Cancro, que estava agendada para 9 de Maio, foi adiada devido ao surto do novo coronavírus. Aguarda-se confirmação sobre a nova data de realização.

 

A corrida solidária com o cunho organizativo da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), é uma prova de carácter não competitivo, que segue há 24 anos o exemplo do atleta Terry Fox, jovem canadiano que foi diagnosticado com cancro nos ossos, e meteu a mala às costas para atravessar o Canadá, de forma a angariar fundos para a pesquisa do tratamento do cancro.

O evento, que até ao momento já angariou um total de 794 mil euros para a investigação na área oncológica, e que estava previsto para o dia 9 de Maio, é mais uma das provas de atletismo afectadas pelo surto do novo coronavírus: "Na decorrência do surto epidémico pelo COVID-19 e em linha com as recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS), a direção do Núcleo Regional do Sul da LPCC decidiu cancelar a data inicialmente agendada para a realização da 25ª Corrida Terry Fox, estando em avaliação uma nova data a indicar oportunamente", comunicou a organização. 

 

Continuar o legado de Terry Fox

Depois de perder a perna direita para um cancro, aos 18 anos, o jovem canadiano Terry Fox decidiu tentar o impossível: cruzar o Canadá costa a costa para angariar fundos para a pesquisa do tratamento do cancro. Uma travessia que ficou conhecida como “Maratona da Esperança” e que começou a 12 de Abril de 1980. Uma iniciativa que acabaria por transformá-lo no maior símbolo da luta contra o cancro.

A prova terminou antes do que estava previsto, a 1 de Setembro de 1980. Depois de ter percorrido cerca 42 km por dia, durante 143 dias consecutivos, acabou por ter de abandonar a sua Maratona da Esperança porque o cancro chegou aos pulmões. Morreu pouco depois, aos 22 anos de idade, mas deixou para sempre um legado ímpar na luta contra o cancro.

“Quero dar um exemplo que nunca mais seja esquecido” disse Terry Fox já em plena Maratona da Esperança. “Mesmo que eu não acabe precisamos que outros continuem. Isto tem de continuar” afirmou.

Consulte o Regulamento da 25.ª Corrida Solidária Terry Fox aqui

Partilhar