Pista

Naide Gomes recebe o bronze uma década depois

07 outubro 2019
1 min
A portuguesa Naide Gomes subiu hoje ao pódio dos Campeonatos do Mundo de Doha, no Qatar, para receber o bronze relativo à sua prestação no salto em comprimentos, em Berlim, em 2009, na sequência da desclassificação da russa Tatyana Lebedeva, vice-campeã na altura.

Foto: FPA

Naide Gomes subiu hoje ao terceiro lugar do pódio dos Campeonatos do Mundo de Doha, no Qatar, para receber a medalha de bronze relativa à sua prestação no salto em comprimento nos Campeonatos do Mundo de Berlim de 2009, que passou a pertencer-lhe devido à desclassificação da russa Tatyana Lebedeva (segunda classificada), por doping, o que fez com a que a atleta portuguesa subisse do quarto para o terceiro lugar. Foi preciso esperar 10 anos para receber a tão desejada medalha, o que deixa na atleta, nas suas palavras, "uma sensação estranha".

Sobre o resultado de 2009, Naide Gomes afirmou: "Naquela altura significava tanto para mim chegar à medalha, mas por ter tanta ansiedade as coisas não saíram e terminei no quarto lugar. Tudo estava a sair perfeito, menos o salto. O meu treinador [Abreu Matos] já estava conformado: 'Podes estar aqui todo o dia que o salto não sai', disse."

Apesar da situação a atleta portuguesa afirmou que sente que foi feita justiça. "Eu merecia tanto esta medalha. Lutei e treinei para o ouro, não era para uma medalha. Agora ela aqui está", disse.

Partilhar