Breves
Campeão europeu de corta-mato em Lisboa suspenso por doping
14 maio 2020
1 min
O atleta sueco Robel Fsiha alega ter apenas tomado um medicamento para a constipação.

As autoridades suecas de antidopagem informaram hoje que o conterrâneo Robel Fsiha, atleta que no final do ano passado se sagrou campeão europeu de corta-mato, em Lisboa, foi suspenso por quatro anos por ter acusado positivo num controlo antidoping.

“Decidimos que Robel Fsiha será suspenso no período compreendido entre 5 de Fevereiro de 2020 e 4 de Fevereiro de 2024”, revelou o presidente do organismo sueco de combate ao doping, Ake Thimfors, em declarações à AFP.

Robel Fsiha completou em 29.59 minutos a prova disputada no Parque da Bela Vista, enquanto o segundo classificado, o turco Aras Kaya, fez o tempo de 30.10 minutos.

Com a possibilidade de recorrer até ao próximo dia 1 de Junho, Robel Fsiha explicou que “apenas tomou um medicamento devido a uma constipação”. Porém, a Federação Sueca de Atletismo informou que Fsiha acusou o consumo de uma substância proibida na sequência de um controlo efetuado a 25 de Novembro de 2019.

Actualmente com 24 anos, o atleta é natural da Eritreia e chegou à Suécia em 2013 com estatuto de refugiado. Pouco tempo depois, sagrou-se campeão europeu de corta-mato, a 8 de Dezembro, em Lisboa, e tornou-se o primeiro atleta sueco a conquistar o título continental.

Partilhar