Actualidade

Provas nacionais de atletismo suspensas por tempo indeterminado

23 abril 2020
2 min
Sem “a noção exacta daquilo que o futuro reserva”, a Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) decidiu paralisar todo o calendário desportivo, quer a nível nacional quer regional.

Ainda sem previsões e certezas sobre a prorrogação do Estado de Emergência e eventuais medidas que se seguirão, a FPA e as respectivas Associações Regionais decidiram suspender, por tempo indeterminado, todo o calendário desportivo, nacional e regional.

“Importa, acima de tudo, garantir a segurança e saúde dos nossos agentes desportivos, dirigentes, atletas e treinadores, bem como dos voluntários que habitualmente colaboram nas nossas realizações”, explicou Jorge Vieira, presidente da FPA.

“Sabemos, como poucos, a necessidade que os nossos atletas, treinadores e dirigentes têm de conhecer bem os seus objectivos competitivos, mas neste momento é impossível ter uma noção mais exacta do que o futuro nos reserva, quer nas medidas de contenção que o Estado possa impor, quer no calendário internacional, acrescido do facto de termos de contar com outro tipo de restrições, nomeadamente no plano de viagens e acomodações, que varia de país para país”, afirmou ainda Jorge Vieira, acrescentando, no entanto, “que é vontade da FPA, emanada pelo sentir dos seus agentes desportivos, ainda poder proporcionar momentos competitivos, quer a nível regional, quer a nível nacional, pois a isso somos levados pela determinação que sentimos nos nossos atletas e treinadores”.

Atenta à situação vivida em Portugal devido à pandemia do novo coronavírus, a FPA revela ainda que tem permanecido em estreita comunicação com as autoridades portuguesas responsáveis, nomeadamente a Direcção-Geral da Saúde (DGS) e o Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) e mantém firme a determinação de assegurar a “salubridade sanitária de toda a família do atletismo”, entre dirigentes, treinadores e atletas, e não só.

Em conclusão, a FPA refere ainda que aguarda mais indicações nos próximos dias, quer no que concerne às competições internacionais, quer às medidas que venham a ser adoptadas no âmbito nacional.

Partilhar