Trail
ATRP divulga circuitos nacionais e uma "liga milionária"
23 outubro 2019
2 min
A Associação de Trail Running de Portugal divulgou hoje as novidades para a nova época. Além de uma prova criada de raiz por esta entidade para definir os campeões nacionais de trail, dos circuitos nacionais sairão cinco provas e uma final, com um prémio monetário total superior a 20 mil euros.

A Associação de Trail Running de Portugal (ATRP) divulgou hoje no seu site o calendário de circuitos nacionais para a época de 2019/2020, bem como as provas que definirão os campeões nacionais de trail, trail ultra e endurance. A principal novidade nos circuitos de trail é o facto de a prova-campeonato ser esta época uma organização da ATRP, ao invés de ser designada entre as já existentes. “Será realizada em Setembro, em parceria com uma Câmara Municipal, em local e quilometragem ainda a definir”, revelou à RUNning fonte da ATRP.

A 10.ª edição do Ultra Trilhos dos Abutres, a 1 de Fevereiro, prova que no ano passado recebeu, em Miranda do Corvo, os campeonatos do mundo da modalidade, definirá os campeões nacionais de trail ultra, com a novidade de acolher em simultâneo o Simpósio de Trail. Neste momento de reflexão sobre a modalidade, “a ATRP irá apresentar e colocar em discussão pública uma proposta de revisão dos seus estatutos”, adiantou o mesmo organismo à nossa publicação. No que ao campeonato nacional de endurance diz respeito, a prova escolhida para definir os campeões foi o Ultra Trail de São Mamede, que se realiza a 16 de Maio, em Portalegre.

ATRP prepara-se para apresentar novo circuito com prémios monetários

Em exclusivo à RUNning, a ATRP informou que se prepara para anunciar uma nova competição com prémios monetários que irão ultrapassar os 20 mil euros. “Composto por cinco provas – escolhidas entre as que fazem parte dos circuitos nacionais – e uma final, este novo circuito tem em vista a internacionalização e irá premiar com valores que, no total das competições, irão ultrapassar os 20 mil euros, os vencedores absolutos de cada etapa”, revelou a ATRP.

Trata-se assim de uma espécie de “super-liga”, a exemplo do que irá acontecer agora com o novo formato do Ultra Trail World Tour, que permitirá, na opinião da ATRP, porjectar o nosso trail internacionalmente. Saiba mais sobre os circuitos nacionais aqui.

Partilhar