Trail
Circuito Golden Trail Series 2020 termina na Patagónia
16 novembro 2019
3 min
Já foi divulgado o calendário Golden Trail Series para 2020, que começa a 24 de Maio, na Zegama-Aizkorri, em Espanha. A grande final será na K42 Adventure Marathon, na Patagónia, Argentina. Também os circuitos National já foram divulgados, com o Louzantrail a voltar a integrar o calendário ibérico.

No mês em que foram conhecidos os vencedores do circuito Golden Trail Series 2019 – Kilian Jornet e Judith Wyder – ficou-se também a saber o calendário para 2020, que foi esta semana divulgado. A 4.ª edição tem início a 24 de Maio, na Zegama-Aizkorri, em Espanha (42 km com 2195 metros D+; recordes do percurso estabelecidos em 2017 por Stian Angermund-Vik e Maite Maiora), mantendo a configuração da edição passada.

Neste contexto, o circuito segue depois para a Marathon du Mont-Blanc, a 28 de Junho, em França (42 km com 2780 metros D+; recordes estabelecidos em 2013, por Kilian Jornet e Stevie Kremer); depois para Itália, para a Dolomyths Run, a 16 de Julho (22 km com 1700 metros D+; recordes estabelecidos por Kilian Jornet em 2013, do lado masculino, e Judith Wyder, este ano, do lado feminino); continua a 9 de Agosto, na Zierre-Sinal, na Suíça (31 km com 2200 metros D+; recordes estabelecidos este ano por Kilian Jornet e Maude Mathis); a 23 de Agosto muda de continente, para a Pikes Peak Marathon, nos EUA (42,18 km com 2382 metros D+; recorde masculino de 2003 estabelecido por Matt Carpenter e feminino conquistado este ano por Maude Mathis); e a 20 de Setembro segue para a Escócia, para mais uma edição da Ring of Steall (29 km; 3282 metros D+; recordes masculino e feminino estabelecidos este ano por Kilian Jornet e Judith Wyder).

A novidade é a grande final, que no próximo ano será na Patagónia, Argentina, na prova K42 Adventure Marathon, a 7 de Novembro. A prova, de 42 km com 2184 metros de desnível positivo reúne anualmente cerca de 2000 atletas em Villa La Angostura, Neuquén, sendo que o evento inclui também um percurso de 15 km. Os atletas que vão competir no circuito Golden Trail Series têm de disputar as provas de qualificação e classificar-se no top 11 para terem acesso a esta final, conforme consta no regulamento.

Louzantrail continua no Golden National Trail Series

Também já foram divulgados os circuitos nacionais, com a primeira e única prova portuguesa a manter-se “de pedra e cal” no circuito que junta Espanha e Portugal. Trata-se do Louzantrail, que integrou o Golden National Trail Series pela primeira vez no ano passado, na distância de 29 km com 2000 metros de desnível positivo, mantendo-se no próximo ano a configuração, a 8 de Março. Detêm o recorde do percurso pela Serra da Lousã os espanhóis Eduard Hernandez, do lado masculino, e Paula Cabrerizo, no sector feminino. A prova que dá a conhecer ao mundo os trilhos outrora calcorreados pelas gentes da Lousã, com passagem pelas incontornáveis Aldeias dos Xisto, tem outros percursos disponíveis, que pode conhecer aqui.

Além da prova nacional, que será a segunda do circuito, o mesmo inclui ainda a Maraton del Meridiano, a 2 de Fevereiro, nas ilhas Canárias, com 42 km e 2600 metros de desnível positivo; o Trail Cap de Creus, a 19 de Abril, em Girona, com 24 km e 1200 metros de desnível positivo; e a The Sky Pirineu, de 36 km com 2500 metros de desnível positivo, a 3 e 4 de Outubro, em Baga.

Mais informações aqui.

Leia também Kilian Jornet vence Golden Trail Series

Partilhar