Trail
Kilian Jornet e Megan Kimmel são os atletas de trail da década
25 fevereiro 2020
2 min
O criador do índice de performance da ITRA, Didier Curdy, analisou os resultados das provas de trail dos últimos dez anos e chegou aos “gigantes da década” na modalidade. Encabeçam o top 10, o espanhol Kilian Jornet, do lado masculino, e a norte-americana Megan Kimmel, do lado feminino.

Foto: Salomon Running

Foi preciso analisar 25 630 resultados de corridas de trail running ao longo dos últimos 10 anos, para criar uma base de dados de 1 746 610 atletas de trail. Foi deste universo que Didier Curdy, criador do índice de performance da International Trail Running Association (ITRA), retirou os melhores atletas de trail da década. São eles:

Top 10 masculino 

  1. Kilian Jornet - Espanha
  2. Jim Walmsley - EUA
  3. Luís Alberto Hernando - Espanha
  4. Joe Gray - EUA
  5. Petro Mamu – Eriteia
  6. François D’Haene - França
  7. Marco De Gasperi - Itália
  8. Rob Krar - Canadá
  9. Stian Angermund-Vik - Noruega
  10. Paul Capell - Espanha

Top 10 feminino

  1. Megan Kimmel - EUA
  2. Ellie Greenwood – Grã-Bretanha
  3. Ruth Croft - Nova Zelândia
  4. Caroline Chaverot - França
  5. Courtney Dauwalther – EUA
  6. Stevie Kremer - EUA
  7. Emelie Forsberg – Suécia
  8. Nuria Picas-Albets – Espanha
  9. Maude Mathys - Suíça
  10. Andrea Mayr - Áustria

 

 

Sobre a fórmula de cálculo, a ITRA esclareceu que foram selecionados, da base de dados acima referida, todos os homens com pelo menos uma pontuação ITRA igual ou superior a 900 e todas as mulheres com pelo menos uma pontuação na ITRA igual ou superior a 760. Esta selecção reduziu a base de dados a 163 homens e 172 mulheres em todo o mundo.

Depois foram aplicados dois critérios diferentes:

 

  1. Classificação dos atletas com base na melhor pontuação de todos os tempos da ITRA
  2. Análise da regularidade e consistência de cada corredor, considerando o número de corridas em que alcançaram uma pontuação acima de 900 e também adicionando todas as suas pontuações para corridas acima de 900.

 

Ao combinar estes critérios foi alcançada uma classificação geral. Sobre este método a ITRA esclareceu: “Existem muitas formas de fazer este tipo de classificação. Após muita deliberação, decidimos adoptar este método, pois foi o que nos pareceu mais preciso e justo para comparar os melhores atletas de trilhos em todas as distâncias.

Partilhar