Outras modalidades
COVID-19 suspende provas de atletismo
10 março 2020
3 min
Depois de um início de semana em que foram confirmados em Portugal mais de uma dezena de novos casos de coronavírus, o Ministério da Saúde tomou medidas cujas consequências já se fizeram sentir, nomeadamente no atletismo. Saiba quais as provas afectadas e as novas datas de realização.

 

Aulas suspensas, serviços encerrados, jogos de futebol à porta fechada e provas de atletismo adiadas. Estas são apenas algumas das consequências da propagação do novo coronavírus e que estão a deixar muitos países em suspenso. Portugal (já) não foge à regra. Depois de na semana passada a Federação Portuguesa de Atletismo tomar uma posição pública face ao surto do COVID-19, sem, no entanto, referir o cancelamento ou adiamento das competições previamente agendadas, eis que, depois de um início de semana particularmente negativo, as organizações das provas vêem-se obrigadas a tomar uma posição tendo em vista o cumprimento das medidas decretadas pela Direcção-Geral da Saúde, que recomendam a suspensão de eventos em espaços abertos com mais de cinco mil pessoas.

Antes mesmo deste anúncio, a RunPorto tinha já decidido adiar as três provas que, sob a sua égide, decorreriam durante o mês de Março, entre a Corrida do Pai, a Meia Maratona de Braga e a Vitalis Kids Challenge by Hyundai, previstas para 15, 22 e 29 deste mês, respectivamente. As novas datas escolhidas para a realização dos eventos são os dias 5 de Julho, para a Corrida do Pai, e 6 de Setembro, para a Meia Maratona de Braga, sendo que a Vitalis Kids Challenge by Hyundai ainda não tem data definida.

Já no seguimento da decisão do Governo, o município de Vendas Novas, considerou deixarem de estar reunidas as condições ideais para assegurar a realização da Night Run Seaside, que soma mais de 1100 inscrições, prevista para o próximo dia 13 de Março, tendo avançado com a data prevista de 5 de junho, "sempre condicionada à avaliação da evolução do surto".

Também a Run4Fun, entidade organizadora da 5.ª edição do Trail Rota do Bolinhol, previamente marcado para o dia 15 de Março, tomou pública a decisão de adiar o evento para o próximo dia 24 de Maio.

A popular Meia Maratona de Lisboa, uma das mais importantes a nível nacional, bem como todas as provas directamente relacionadas, estão agora agendadas para os dias 5 e 6 de Setembro.

Ainda em dúvida, permanece, nomeadamente, uma das provas mais importantes de trail running do país, o Madeira Island Ultra-Trail (MIUT), cuja organização refere a incerteza sobre a realização do mesmo, agendado para o feriado do dia 25 de Abril: " A seis semanas e meia do evento, não podemos garantir que o mesmo irá ter lugar, no entanto, esperamos que estas incertezas diminuam nos próximos dias, já que teremos reuniões importantes durante as próximas semanas com as respectivas autoridades locais com competência nesta matéria".

Sem adiantar ainda nova data, o Sport Lisboa e Benfica comunicou a suspensão e adiamento de algumas provas desportivas, entre as quais a 15.ª corrida "Benfica - António Leitão", programada para o dia 5 de Abril.

(Em actualização)

NOTÍCIAS RELACIONADAS: 

 

Partilhar